Analfabetismo Digital

A cada dia que passa ocorrem mudanças no nosso cotidiano. Vemos a introdução de novas tecnologias fazer parte de nosso dia-a-dia e ocuparem tanto nosso tempo livre como nossos afazeres. Mas mesmo com tantas mudanças, ainda existe um grupo de pessoas que prefere ser avesso a essas novas tecnologias. Até aí tudo bem, mas o problema é quando essas pessoas tentam defender seu ponto de vista e mostrar nosso “erro”, por sua concepção.

Nós sempre atribuíamos isso às pessoas mais velhas, como pessoas da 3ª idade. Mas percebi que muitas pessoas jovens deixam de aproveitar os benefícios da tecnologia para viver suas vidas de um modo mais complicado.

Vamos aos fatos. Eu sempre tive na escola a fama de nerd e viciado em Internet e novas tecnologias. Mas a verdade não era essa. Claro que soa estranho eu falar de mim mesmo, pois todos acharão que eu estou me defendendo. Mas a realidade é que eu nunca fui viciado assim como eles falavam. O que acontecia é que eles tinham uma vida mais afastada dessas coisas e me chamavam assim por eu gostar dessa área do conhecimento. Esse é um dos sinais do analfabetismo digital. As pessoas desconhecem os inúmeros benefícios das tecnologias e por isso taxam os outros com expressões pejorativas. Mas já me acostumei com isso.

Um segundo exemplo ocorreu há poucos dias atrás: eu estava na aula quando um dos meus colegas me pediu uma ajuda. Eu prontamente me disponibilizei. Ele então disse que queria que eu lhe ensinasse como ‘roubar senhas’ de uma determinada rede social. Eu estranhei o porquê dele ter perguntado isso logo para mim. Aí ele explicou: “Eu te perguntei porque sempre que eu entro na Internet você está on-line. Pô, você tem a maior cara de hacker… hahaha”.

Imaginem como fiquei alegre com essa reposta (sem comentários). Aí vocês podem pensar: bem, ele estava correto porque se sempre que ele entra você está on-line, significa que você é mesmo viciado. Sim, você tem razão de pensar isso. Mas a realidade é que os horários em que ele usa batem com os meus. Além disso, meu uso comum de Internet é entre 1h às 2h por dia. Isso descontando os dias que não uso. Isso significa que a afirmação que ele fez estava errada. Como um viciado pode passar tão pouco tempo conectado?

Vemos aí o 2º sinal do analfabetismo digital. As pessoas, por terem pouco conhecimento dessas tecnologias, acham que você é um louco por conta de características inconclusivas.

 

analfabetismo

Mas é claro que tenho culpa nesse assunto… Posso ser considerado um geek ¹, mas no estágio mais inicial possível. Gosto muito de novas tecnologias, interatividade e informação, mas moderadamente. Uso regularmente a Internet, participo de inúmeras redes sociais, tenho acesso à Internet móvel, ouço música digital…Ou seja, características de um geek. Mas ainda assim não concordo com o termo viciado, pois o viciado usa Internet por muito mais tempo, vive o dia inteiro conectado, seja por computador, celular, videogame ou qualquer outro gadget ², além de passar o tempo praticamente inteiro com coisas voltadas para a tecnologia…

Enfim, precisamos rever alguns conceitos e aproveitar melhor a vida. Porque não aproveitamos nosso tempo livre para fazer um supletivo digital? Algumas doses de Twitter, Facebook, MySpace e alguns blogs, por exemplo, podem ser de grande valia para você que fica vidrado na vida real e esquece que os meios digitais são uma fonte de conhecimento e uma forma de lazer.

 

 

¹ Geek é uma expressão idiomática da língua inglesa, uma “gíria” que define pessoas peculiares ou excêntricas obcecadas com tecnologia, eletrônica, jogos eletrônicos ou de tabuleiro etc.

²Gadget (do Inglês: geringonça, dispositivo) é uma gíria tecnológica recente que se refere, genericamente, a um equipamento que tem um propósito e uma função específica, prática e útil no cotidiano.

Anúncios

2 comentários sobre “Analfabetismo Digital

  1. Olha, sinceramente eu me considero um Geek em estado terminal… e não eu não fico conectado 24 horas por dia… nem 7 dis por semana… mas acumulo bastante conhecimento na área… seja para mim mesmo, seja para ajudar outrém….
    Na realidade… as pessoas deveriam fazer um supletivo digital para aprender tambem a dar utilidade a rede… porque blogs como o seu e o Taberna Nerd, o da Brena, o da Aline, da Brenna, enfim os blogs que acompanhamos são dificeis de se encontrar na rede… por conta disso acho que as pessoas deviam tambem prestar atenção nas aulas de seus supletivos digitais que falam a respeito da qualidade do conteudo da rede^^

    Bom… desculpa postar no seu post^^ mas é que achei muito interessante mesmo^^
    abraço ae mano… e acesse o http://www.tabernanerd.blogspot.com/ onde o assunto fala por sí só…

    • Hehe, ser geek eh legal, tanto quanto ser músico ou outra coisa parecida… \o/
      Supletivo digital foi uma boa ideia né? Acho que vou começar a divulgá-la…hehe

      Valeu pela consideração pelo meu blog! Aos poucos vou me entrosando com essa parada de blogosfera e espero chegar longe com isso.

      Cara, não tem nada de mal em comentários grandes. Alías, até gosto deles, pois geram mais conteúdo para se debater 😉

      Pode deixar que visitarei seu blog cara, ele é muito bom!

      flw ae 0/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s