Estilo de Vida Vs. Tribos

Já faz tempo que o jovem em geral, na maior parte do mundo, tem segmentado seus gostos e atividades, criando alguns clichês e definindo o que conhecemos como tribo. Quantos de nós já não vimos adolescentes andando todos com roupas e modos de falar e agir parecidos, para não dizer idênticos, uns dos outros? Até mesmo quem é mais velho já passou por isso e é algo que a maioria da juventude das últimas décadas viveu e que hoje está ainda mais forte.

Tribos urbanas

Porém um fato chamou minha atenção nessa semana. Estava assistindo um debate na TV sobre música e religião, e foi interessante ver a exposição dos convidados sobre o tema. E uma das coisas que ouvi nesse programa e que me prendeu a atenção foi o que um dos convidados disse sobre a juventude. Foi algo mais ou menos assim:

“O jovem de hoje tem suas tribos. É como uma necessidade que eles possuem, para que possam entender o ambiente em que vivem e para que possam encontrar o seu lugar na sociedade.”

Foi mais ou menos isso o que ele disse. Isso me deixou curioso sobre o tema porque depois de ouvir isso analisei que as tribos podem ser definidas como algo de adolescente, uma fase, algo relacionado à falta de maturidade. Uma forma de perceber isso é a falta dessa necessidade quando a pessoa se torna adulto. Ela ainda segue clichês que a define, como uma religião, um estilo de se vestir ou apenas uma forma de pensar.

Lógico, todos têm opiniões diferentes e a concordar ou não com o que ouvimos. Nesse caso, entretanto, percebi o que o autor da frase quis dizer e pude, de certa forma, desenvolver a ideia apresentada por ele.

Só depois de ver esse ponto de vista é que fui perceber isso, tanto na minha vida como na das pessoas que estão próximas a mim. A maioria dos meus amigos tem um estilo diferente do meu, mas que de certa maneira se encaixa muito bem. Porque a grande maioria deles escuta as diversas vertentes do rock e seguem o estilo dele, como roupas e adereços.

Porém, ao invés de ser uma tribo, – que muitas vezes é comparada aos bois, que seguem um ao outro da mesmíssima forma – é algo que pode ser chamado de estilo de vida. Penso assim porque depois de certa idade você não tem mais a necessidade de encontrar seu lugar (exceto alguns casos). Devido a isso a pessoa acaba se baseando naquilo que ela gosta e já não precisa seguir todo aquele figurino para ser aceito. Acho esse tema muito interessante porque faz parte não só do nosso dia-a-dia, mas também da nossa vida. Sempre queremos encontrar nosso lugar no mundo. Talvez sempre tentemos. Porém eu já tenho certeza de que encontrei aquilo que queria, um estilo de vida saudável, fazendo aquilo que gosto, ao lado das pessoas que gosto, baseando minha vida em Jesus e seus ensinamentos. E acredito que seja isso que todos devam buscar: algo em que possamos basear nossa vida, não apenas porque achamos bonitinho, mas porque vemos um sentido de verdade.

Encontre o que te alegra e seja feliz!

Danilo Soares

Anúncios

2 comentários sobre “Estilo de Vida Vs. Tribos

  1. Da-lhe Danilo, como anda essa força?
    Rapaz, tu mandou bem pra caramba no papo… agente passa tanto tempo julgando o gosto dos outros q as vezes acaba eskecendo de ver o q estamos fazendo… e isso eh uma merda… de qualquer maneira… q bom q vc ja se encontrou meu amigo… fike na paz e aguardo novos textos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s