Olhai os Lírios do Campo

Nessa semana terminei de ler um dos melhores livros que pude conhecer nos últimos meses. O tal, uma obra de Érico Veríssimo chamada “Olhai os Lírios do Campo” possui uma riqueza muito grande de sentimentalismo e detalhes ‘psicológicos’, o que torna a obra um grande referencial no que diz respeito à literatura realista [e romancista] brasileira.

Confesso que fazia tempo que eu não lia um livro tão belo, tão natural, que faz com que você se sinta envolvido na estória. Apesar de não ser muito grande (a edição que li possuía 273 páginas), pude encontrar uma história muito rica no que diz respeito aos personagens e suas experiências e características. Através de cada um dos 24 capítulos pude me deliciar com os vários ‘clímax’ a que o autor se utilizou, e também me envolvi bastante com a estória em geral, me surpreendendo durante várias vezes com os fatos que ocorriam nela. Perfeito!

A estória conta a vida do menino Eugênio, desde seu início humilde até a hora em que ele é um médico estabelecido, passando por um casamento chamativo e problemático e por uma paixão platônica. No inicio o livro intercala a sua vida enquanto garoto e adolescente com um problema atual, que corrói seus pensamentos. Tudo envolvendo um amor, na verdade o amor da sua vida.

O inicio de sua vida foi muito simples. Seu pai era doente e a mãe era um daqueles tipos já conhecidos da literatura brasileira, mandona e religiosa. Logo nas primeiras páginas a pobreza da família é assinalada, quando Eugênio narra a vez em que sua calça rasgou enquanto jogava bola na escola. Todas as crianças caçoavam dele, que não sabia onde ‘esconder a cara’.

Não me prendendo aos detalhes das entrelinhas (que são muitos!), o livro logo mostra Eugênio grande, terminando a faculdade e com o diploma na mão. E agora, o que fazer da vida? Seu sonho, que era sair daquela pobreza e se formar, ter uma vida digna, estava com meio caminho andado, mas ele via que não era como ele pensava. Mas no dia da formatura, na hora de ir embora, ele encontra uma também formanda que partilha das mesmas dúvidas e ideias dele. Mal sabia ele que essa garota tão simples mudaria para sempre sua vida…

Depois disso, os dois começam a exercer a profissão, no meio de uma ‘guerra’. Devido a isso, acabam se aproximando, o que é muito válido para Eugênio, que sempre se sentiu desamparado, solitário, forever alone. Essa garota muda a vida dele, pois sempre que ele desabafa, conta seus problemas, seus medos, ela tem uma palavra de ânimo, um verso que mostra pra ele que existe esperança nas cinzas, alegria na adversidade.

Esse amor muda a vida dele, mas infelizmente eles demoram a reconhecer esse sentimento, e quando finalmente quebram as barreiras e contam do seu amor um a outro, já é tarde. Eles tentam reparar o tempo, mas não há mais essa alternativa. Eugênio está casado com uma socialite da época, e é amante da irmã dela. Está preso a essa situação, por isso seus encontros com Olívia são espaçados. É bom citar que ele fica um tempo separado de Olívia, o que faz com que ele sinta muito sua falta, porém ao voltar ela lhe dá a notícia de que engravidou dele, o que muda por completo a sua vida. Agora ele tinha ao qual lutar! [ufa, que trama até aqui!]

Porém em pouco tempo é descoberta uma doença em Olívia, que ceifa sua vida. Isso acaba com as alegrias e esperanças de Eugênio, que mesmo tendo a filha para cuidar, se vê sozinho no mundo. Mas a diferença é que logo ele supera aquilo. Cada palavra de ânimo que Olívia deu a ele enquanto viva fazem o efeito esperado agora. Ele se torna um grande homem, se livra do casamento problemático, da amante, e parte para uma nova vida, longe dos problemas antigos. Nesse momento o livro toma uma cadência muito bela, fazendo que o próprio leitor reflita sobre sua vida.

Ao final do livro encontramos um Eugênio de certo modo realizado, feliz com sua filha e com um casal que cuidou de Olívia, e também próximo do médico que trabalhou com ele por um bom período. Eles são sua família, sua alegria.

Só que mais do que esse resumo, o livro é algo muito belo, maravilhosamente bem feito. Não consegui expressar aqui nem um pouco do valor que ele representou pra mim. Esse resumo trouxe apenas o aspecto textual da coisa, mas a emoção, o espírito que envolve o livro só será discernido por quem o ler, e talvez apenas depois de uma segunda vez.

E as resenhas sobre as obras de Érico Veríssimo devem se tornar um pouco freqüentes, já que meu amigo Lucas Marques me indicou obras que são consideradas como seqüência desse livro, tais como Clarissa e Caminhos Cruzados.

Livro: Olhai os Lírios do Campo
Autora: Érico Veríssimo
Gênero: Romance
Editora: Companhia das Letras
Trechos: clique aqui
Anúncios

9 comentários sobre “Olhai os Lírios do Campo

  1. Muito bacana sua resenha. Eu pretendo ler Olhai os lírios ainda esse ano. Ainda não sabia muito o que esperar, pois até então li apenas o Érico dos Romances Históricos, de O Tempo e o Vento. E uma única obra de sua literatura infanto-juvenil.

    Muito obrigada pela resenha.

    • Oi Dani, obrigado! Esse foi o primeiro livro que li dele, creio que o primeiro de muitos. Já peguei 2 na biblioteca do meu bairro, logo teremos resenha deles também.
      Visitei seu blog e gostei! Favoritei aqui pra ler com calma depois.

      Beijo e obrigado pela visita!

  2. Acho que Veríssimo acertou em cheio no título. Sempre que olhamos para uma paisagem natural há aquele sentimento de fuga de realidade, de vida bem resolvida de que tudo vai ficar bem…

    Danilo, você escreve muito bem! Aposto que isso é uma consequência de suas leituras, certo? Comecei a gostar de ler bem novinha também, por volta dos meus 13 anos, mais ou menos. Gostei da resenha e do seu blog.

    Abraços!

    • Com certeza, a natureza nos entorpece, de certa maneira.

      Obrigado pelas palavras! Sempre gostei de ler, acredito que isso tenha muita influência na escrita mesmo. Maior número de palavras, expressões e sentimentos adquiridos rs. Só queria gastar mais tempo com livros.

      Obrigado pela visita, volte quando que quiser 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s