Nota

Jogos Vorazes

Eis que saiu o filme mais esperado de 2012. “Jogos Vorazes” causou um estardalhaço há alguns meses, com inúmeros sites e pessoas falando a respeito. Tal filme acabou de ser lançado, mais precisamente no dia 23 de março desse ano. Mas porque ele era tão esperado?

A causa principal foi o seu carro-chefe, o livro homônimo da autora Suzane Collins lançado em 2008, cuja trilogia rendeu inúmeros prêmios e boas críticas dos veículos especializados. Um dos maiores feitos foi da autora foi se manter na lista dos mais lidos do NYT durantes 85 semanas (se não me engano), o que deu um belo apoio na divulgação na trama ao redor do globo.

A história chegou ao meu conhecimento devido a uma troca de tuítes entre a Brenda e a Adriana. Quando as vi comentando sobre, fiquei curioso e fui atrás de informação. Elas me indicaram os livros, que li algumas semanas depois e…aprovei! A história me trouxe de volta pra literatura contemporânea, já que eu estava tão acostumado aos clássicos. Por isso resolvi escrever sobre o livro. Espero que seja útil a quem ficou interessado na história!

O começo da história você já deve conhecer, porque é o que mais se lê em resumos espalhados na rede. Uma trama ambientada num mundo pós-apocalíptico onde a opressão do governo é um dos pontos majoritários. Através desse poder a que o povo é submetido surge aquela coisa típica de situações assim: a revolta. Vimos recentemente como países que eram dominados por líderes opressivos se rebelaram, usando a internet como meio de divulgaçãos dos atos de tais chefes de estado, e também para organizar protestos, por exemplo. Com esses recursos as coisas ficam mais fácil, mas e num mundo onde o governo controla praticamente tudo? É aí que a história se ambienta nesse livro.

Não me lembro como e quando aconteceu o final dos tempos na história, mas o resultado direto foi a criação de um novo modelo de governo, onde a Capital impera sobre 12 distritos, que trabalham unicamente para o sustento da Capital e seus moradores. Originalmente eram 13 os distritos, porém a rebelião de um deles pôs fim em sua história. Pelo menos é isso que consta nos registros históricos do povo, além dos relatos na mídia da época. Vale lembrar que esse mundo corresponde à área dos Estados Unidos, como em muitos livros atuais.

Livro Jogos VorazesO modelo utilizado como forma de administração pela Capital não difere muito do que temos hoje. Os países (ou populações mais abastadas) vivem do trabalho de pessoas menos favorecidas. Um bom exemplo é o caminho que um iProduto leva até chegar na mão de quem pode comprar uma coisinha daquelas.

Dessa forma, a maioria da população mantém uma relação de ódio com a Capital, porém vivem debaixo disso quietos pois é a única forma de sobreviver, senão, tchau mundo. Só que quando o 13° distrito se rebela, as coisas ficam difíceis. A Capital, com sua imponência, não aceita que uma rebelião aconteça debaixo de seus olhos e que todo o povo ache que isso foi normal, ou que passará em branco. Sendo assim ela institui um castigo anual, para que todos se lembrem de que não podem lutar contra alguém mais forte do que eles. Esse castigo é denominado de “Jogos Vorazes”. Em poucas palavras, é um evento onde dois jovens de cada distrito são enviados para uma arena, onde terão que batalhar entre si pela sua sobrevivência. Em caso de vitória (só um pode vencer) o tributo, nome pelo qual são chamados os escolhidos para o evento, ganha algumas regalias como viver com uma opressão governamental aparentemente menor, sem racionamento de água e comida, e trazendo também alguns benefícios para seu distrito. Porém existe algo que faz com que esses jogos sejam ainda mais cruéis: a idade dos jogadores. A partir dos 12 anos eles já estão em idade classificatória, o que choca em certos momentos do livro. Como o momento em que Prim, irmã da personagem principal da história, Katniss Everdeen, é escolhida para participar da próxima edição dos Jogos.

Katniss, ao perceber que sua única irmã, de apenas 12 anos, terá que duelar pela sua própria sobrevivência, contra pessoas com quase o dobro de idade dela, faz o impensável para alguns e se oferece como voluntária, para substitui-la. Essa prática era permitida, porém raramente acontecia. Quem, mesmo nos dias de hoje, daria a vida por alguém que ama? Mas ela o faz sem pensar muito.

E eis que ela e Peeta, o outro escolhido de seu distrito para a batalha, se dirigem para a Capital, onde a luta é travada. Nesse meio tempo ela passa por alguns problemas de, digamos, logística. O povo da Capital é diferente do seu, todos muito superficiais e materialistas, por exemplo. Parecem agir sem emoção, e seguir regras pré-estabelecidas mentalmente. Talvez seja uma tendência devido ao alto poder tecnológico da época. A tecnologia influi na capacidade humana de se relacionar, isso não podemos negar. De qualquer forma, não existe meio para se escapar de tal situação, e ela tem que enfrentar todos esses problemas de cabeça firme. Pra isso Katniss e Peeta contam com o apoio de Haymitch, veterano dos Jogos, que obviamente venceu quando os disputou, muitos anos atrás.

Depois disso acontecem os preparativos para o início do evento, com treinamentos e mais treinamentos. Existem também as cerimônias, que mostram ao povo quem serão os fantoches participantes dessa vez. Para tal apresentação, existem os vestidos de gala com alusão ao distrito correspondente ao tributo, como num concurso de Miss ou abertura de Olimpíadas. E o interessante é que nessa cerimônia o casal do distrito 12 é o que mais chama a atenção, e conquista o público! Isso graças a mais um aliado que eles conseguiram, chamado Cinna. Ele, que é responsável pelo vestuário dos dois, faz um ótimo trabalho que conquista aplausos demorados e suspiros da platéia. Isso é apenas o começo de uma coisa grande, muito grande.

A partir daí contagem regressiva para os Jogos inicia, o que não demora muito. Logo eles começam, com 24 jovens disputando sua própria vida. Não vou me ater nesse ponto porque creio que seja muito melhor que você descubra lendo o livro. Mas posso adiantar que existe a formação de pequenos grupos dentro dos competidores, o que faz com que muito sangue corra, já que os melhores jogadores (denominados carreiristas) se unem contra os mais fracos. Eles não são mais fortes por sorte. É que seus distritos (os primeiros, mais próximos da Capital) são ricos, e provém um preparo profissional para quem for participar dos jogos. Logo eles estão bem melhor preparados que os demais.

Peeta se une com eles. Katniss faz dupla com uma garota bem nova, que lembra muito sua irmã. Nesse momento a história ganha uma roupagem mais emotiva, que tocará a muitos. Principalmente no filme, creio eu.
Depois de várias mortes o que mais surpreende é o final do livro. o desfecho dos Jogos, a morte demorada e agonizante de um dos competidores, os seres mutantes que assombram os últimos sobreviventes. E principalmente quem vence o jogo. Eu tive que ler algumas vezes o final para digerir da maneira correta, porque você realmente se impressiona com as voltas que a história dá.

Se tiver interesse na continuação da história, leia o livro. Logo postarei uma resenha sobre o livro intermediário, “Em Chamas”. Até lá, se delicie com os trailers e outras informações presentes na rede.

Anúncios

Um comentário sobre “Jogos Vorazes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s